O registro de marca no INPI não é obrigatório, porém as empresas que não o fazem, estão correndo sérios riscos. Você sabia disso?

Já falamos anteriormente que a marca é a ponte que diferencia você do seu concorrente e comunica a sua empresa com o seu cliente. Agora vamos imaginar que, de uma hora para outra, você seja notificado para tirar a sua marca do mercado. No que isso impactaria?

É preocupante pensar nisso, não é? E este é um dos riscos que a empresa corre pela falta de registro. Qual seria o custo para começar tudo do zero? Refazer todo o marketing da empresa e ter que comunicar o cliente que a marca mudou, sem prejudicar o seu negócio. Tempo e dinheiro que podem ser jogados pelos ares.

Isso poderá ocorrer se a empresa começar a utilizar uma marca sem efetuar a devida pesquisa de viabilidade no INPI, a fim de identificar se a marca desejada já não pertence a outra empresa. Ou se outra empresa ingressar no mercado e fizer o registro na sua frente. Em alguns casos, além de tirar a marca do mercado, a empresa poderá ser multada.

Outra situação que poderá ocorrer por causa da falta de registro, é uma outra empresa utilizar a sua marca com um produto de baixíssima qualidade ou prestando um péssimo atendimento. A repercussão negativa que isso poderá impactar no seu negócio é imensa, ainda mais atualmente, com a velocidade que as notícias repercutem através das mídias sociais, uma vez que a sua empresa não poderá impedir que o terceiro utilize a sua marca, pois não tem o registro dela.

Estes riscos podem ser evitados com a pesquisa de viabilidade, que é gratuita, e com o posterior registro da marca. Se você se interessou pelo registro, entre em contato para fazer a sua pesquisa!

Post escrito pela Fernanda Rauter, coworker da Blend e consultora da Vilage Marcas e Patentas.  Clique aqui para conhecer mais a Fernanda. 

Deixar um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *.